Caminho mais adequado a ser percorrido, visando ao alcance de um objetivo.

Em um mundo cuja concorrência é intensa, é preciso ir além da simples preocupação com operações. Muitas empresas chegaram à conclusão de que a eficiência operacional é um beco sem saída – importante, necessária, mas não suficiente.

Depois de dez ou quinze anos concentrando-se em questões operacionais, as empresas começam a reconhecer que aquilo que as diferencia e permite que tenham sucesso é, afinal, uma estratégia sólida e exclusiva.